Com mistura de nacionalidades, "Violetta" chega à última temporada

Estreia na próxima segunda-feira, dia 22 de setembro, às 18h, no Disney Channel , a terceira e última temporada da novela argentina &quo...

Estreia na próxima segunda-feira, dia 22 de setembro, às 18h, no Disney Channel, a terceira e última temporada da novela argentina "Violetta". Além de cinco novos personagens - Gery (Macarena Miguel Busto), Clement (Damien Lauretta, Priscila (Florencia Ortiz) e o brasileiro Milton (Rodrigo Frampton) –, os velhos e já conhecidos atores, como Martina Stoessel (Violetta), Jorge Blanco (León), Mercedes Lambre (Ludmila), Lodovica Comello (Francesca), Candelaria Molfese (Camila), Samuel Nascimento (Broduey), entre outros, retornam à trama mais maduros, com um visual repaginado e novos dilemas.

A reportagem do UOL esteve em Buenos Aires, na Argentina, e conversou com os atores para saber como é o clima nas gravações que mistura não apenas argentinos, mas brasileiros, italianos, franceses, espanhóis e mexicanos no elenco. Com cerca de 10 horas de gravações diárias, os atores costumam levar o bordão do folhetim "juntos somos mais" para a vida real.

Damien Lauretta  e Miguel Busto

"É como se fôssemos uma família. Soa meio piegas, mas realmente vivemos como uma família. Apesar de cada um ser de um país, de cada um ter uma cultura diferente, a experiência de estarmos vivendo em outro país, fazendo o mesmo trabalho, nos une", afirmou o brasileiro Samuel Nascimento. "Passamos a maior parte do tempo juntos. No meu caso, que acabei de chegar, me senti muito bem recebida. Eles me incluem nos passeios, nas atividades", contou a atriz mexicana Macarena, que interpretará a misteriosa Gery.

A protagonista da trama, Martina, também compartilha da opinião dos amigos e ressalta o amadurecimento que o grupo teve. "Durante a turnê, durante seis meses, convivemos muito tempo juntos e acabamos nos conhecendo mais. Mas conviver nem sempre é fácil, afinal nem sempre um está de bom humor, e claro que existem dias ruins. Crescemos muito profissionalmente. A interação com o público aumento e isso foi um dos fatores mais interessantes da convivência", afirmou Martina.

Nascida e criada na Argentina, a antagonista, Mercedes, conhecida como Mechi, destaca ainda a questão da linguagem. "Temos um italiano no grupo, o Ruggero, e o Damiem que é francês e acabou de chegar na turma, e não fala muito bem espanhol. A gente acaba ajudando com o idioma e é preciso ter paciência para gravar as cenas, mas aprendemos muito também". "Quando cheguei da Itália sofria para falar, gravar, porque eu não falava nada de espanhol e ficava insegura", contou Lodovica, que praticou a língua ouvindo músicas, além do estudo. A jovem é uma espécie de inspiração nos bastidores.

Rodrigo Frampton
Como uma verdadeira torre de babel, se estendendo inclusive para parte técnica, atores e produtores têm a oportunidade de treinar alguns idiomas. "Violetta tem me ensinado muita coisa, maturidade em todas as escalas, aprimorei e muito meu espanhol, meu inglês, e tem sido maravilhosa a convivência", afirmou o novato brasileiro, Frampton.

Rodrigo contou ainda que a união é tão grande que os atores resolveram compartilhar seus animais de estimação nos bastidores. "Um belo dia chegou o Diego e a Clara (Angie) com o Vicente, um cachorrinho pequenininho. Após uma semana, Mirta (Olga) veio com uma gatinha, dois dias depois, Macarena aparece com uma cadela nos braços e, para finalizar, esses dias o francês (Damiem) surgiu com um cão maior que ele. Estou pensando em adotar um. [risos]".

Exibida em 19 países da América Latina e em 117 da Europa e Oriente Médio, "Violetta" possui mais de 300 produtos licenciados em cada país e cerca de dois milhões na América Latina. O Brasil é um dos países em que a telenovela tem maior audiência.

Novos rumos

Apesar do fim da temporada, os atores não lamentam e já fazem planos para depois de novembro, quando terminam as gravações. "A temporada vai acabar em seu melhor momento", disse Jorge Blanco, que deve continuar atuando em novelas e musicais.

Os italianos Ruggero e Lodovica estão focados em projetos na área musical. Lodovica lançou um disco recentemente, já Ruggero tem planos de gravar um CD assim que as gravações de "Violetta" terminarem. "De todas as experiências que estou vivendo, a que eu mais gosto é a de músico. Pretendo guiar minha carreira para este segmento, gosto de me apresentar para o público, da interação. Gostaria também de fazer um curso universitário, focado na área artística", revelou Ruggero, que ficou em sexto lugar no reality "The X Factor".


Uma das mais novas do grupo, Martina, com apenas 17 anos, a intérprete de Violetta, não tem ansiedade em mudar o foco de seu público ou sua área de atuação. "Tenho uma vida pela frente, não tenho medo de ficar conhecida apenas pelo público infantil ou jovem. Tenho muito para aprender e gosto de atuar, não importa o tipo mídia [se referindo a TV, cinema]. Quero ser feliz no que faço", afirmou Martina, sendo seguida por Mechi. "Quero interpretar outros personagens, mas tenho apenas 17 anos, não estou desesperada para tentar uma carreira internacional, por exemplo".

Os ex-estudantes universitários, Macarena e Damien, poderão retomar os estudos em arquitetura ou direito, se assim quiseram.

Respaldados pela Disney, os atores reconhecem a importância que têm para o público infantil e juvenil – a entrada do estúdio onde ocorrem as gravações vive cercada por adolescentes e crianças que buscam, principalmente, as atrizes Martina e Mechi. "Já tirei três fotos com a Martina, mas quero mais uma", disse uma garota, acompanhada da mãe.

Marina Stoessel
"No início, sentia uma grande responsabilidade por fazer parte de um projeto mundial, então resolvi usar minha imagem para dar um exemplo bom aos meus fãs. Voltei a fazer trabalho voluntário com órfãos na Argentina, algo que fazia no Brasil. Minha ideia é passar uma mensagem positiva e incentivar as pessoas a terem esse posicionamento", contou Samuel. "É preciso tomar cuidado com as atitudes que temos fora do estúdio, com os lugares que frequentamos, para de fato sermos um exemplo", alertou Nicolás Garnier, a Andres da série.

Já a intérprete de Violetta acredita que ser querida pelo público é como um sonho realizado. "Tenho sorte em ser uma referência para tantas pessoas. Não é fácil, mas é preciso estar disposto e entendo que faz parte", Martina.

A reportagem foi feita por uma repórter do UOL, convidada pela Disney. Fiquem ligados no Disney News, para mais informações!
Com mistura de nacionalidades, "Violetta" chega à última temporada Com mistura de nacionalidades, "Violetta" chega à última temporada Reviewed by João Vitor Mendes Amorim on 9/21/2014 05:42:00 PM Rating: 5
Comentários (mostrar/esconder)
 

É destaque!