The Cloverfield Paradox - Comentários do Filme!

teste 32 1
Filme se mostra bastante previsível, e se apoia em vários clichês conhecidos do gênero! (Reprodução)
Juro que eu pensei que esse filme seria um dos mais incríveis do ano, uma pegada de terror e sci-fi, como não poderia dar certo? [I broke my face] A trama usa de vários artifícios preguiçosos, em uma trama não bem bolada e pouco explicada.

The Cloverfield Paradox é o terceiro filme de sua franquia, e nele a terra está caminhando para seus momentos finais, não há mais energia disponível para todos, rivalidades internacionais se acirram, e uma guerra está prestes a começar.

A única solução é uma acelerador de partículas que se chama Shepherd e que, de alguma forma, consertará magicamente todos os problemas da Terra ~ e que está no espaço, não pode esquecer disso.
A partir daí a trama toma caminhos preguiçosos e pouco desenvolvidos, principalmente a protagonista que lida com a perda dos filhos (Gravidade?), e só se lembra deles em momentos oportunos... A maioria dos personagens é caricato, o famoso clichê de filmes espaciais, um de cada país, onde morrem todos e só sobra um (nesse caso 2/mais ou menos).

Eu diria que esse filme foi um oportunidade desperdiçada, desperdiça o elenco, a trama... Mas não é de tudo um erro, o design do filme - isto é, os figurinos, a aparência da nave e a tecnologia futurista exibida - tudo sobressai e parece prático e crível. Os momentos cômicos também são agradáveis (as sequências do braço e do olho - valem ser citadas).

Por fim, o filme sim, conseguiu dar um norte aos outros longas da franquia, embora se contenha a caminhos previsíveis e aos famosos clichês.

Acertos
- Design e Figurino
- Momentos

Erros
- Trama Previsível
- Clichês

ÙLTIMA ATUALIZAÇÃO - 11:47 (06/02/2018)
The Cloverfield Paradox - Comentários do Filme! The Cloverfield Paradox - Comentários do Filme! Reviewed by João Vitor Mendes Amorim on 11:44 Rating: 5
Comentários (mostrar/esconder)
 

É destaque!